Parceria Institucional

Memórias Reveladas promove atividades para professores do Colégio Pedro II

 O Centro de Referência das Lutas Políticas no Brasil (1964-1985) - Memórias Reveladas (MR), administrado pelo Arquivo Nacional, promoveu, de 13 de junho a 4 de julho, uma série de atividades direcionadas a professores do Colégio Pedro II acerca da temática da ditadura civil-militar no Brasil e dos acervos documentais do período.

PEDRO IIC

A demanda, realizada no âmbito de Acordo de Cooperação Técnica entre as instituições, partiu da professora Esther Kuperman, representante do mestrado profissionalizante para professores do ensino básico do Colégio Pedro II, e também integrante da Comissão de Altos Estudos do Memórias Reveladas, que solicitou ao Arquivo Nacional a realização de palestras e de oficinas sobre o período de 1964-1985. A professora ministra, em conjunto com o professor Rogerio Mendes de Lima, a disciplina “Produção de recursos e materiais didáticos em humanidades”.

De acordo com a historiadora Carla Lopes, servidora do Arquivo Nacional e integrante da equipe do Memórias Reveladas, o acordo com o Colégio Pedro II soma-se “a dezenas de outras iniciativas que já são realizadas pelo Memórias Reveladas com instituições parceiras, no Brasil e no exterior”. As parcerias visam principalmente acesso à documentação, colaboração técnica, identificação de documentação, estudo da relevância dos documentos pesquisados, realização de palestras e divulgação do acervo do Arquivo Nacional em suas instituições.

FOTO CARLA 1

No caso do Colégio Pedro II, a cooperação é feita com o mestrado profissionalizante, no qual a professora Esther desenvolve uma disciplina voltada para o tema da ditadura civil-militar e estimula a produção de material didático para trabalhar com essa temática em sala de aula.

Os professores do Colégio Pedro II realizaram, ainda, visitas técnica às áreas da coordenação-geral de Processamento e Preservação do Acervo (Divisão de Documentos do Executivo e Legislativo) e da coordenação-geral de Acesso e Difusão Documental (Sala de Consultas), para acesso às bases de dados do Sistema de Informações do Arquivo Nacional (SIAN). No Memórias Reveladas, os professores puderam também acessar o Banco de Dados Memórias Reveladas e o ambiente Sala de Leitura Virtual, promovendo-se, ao final, um debate sobre a censura no regime militar e análise de documentos produzidos por órgãos do regime.

"O acordo é fundamental para o curso de mestrado, promovendo uma excelente qualificação dos alunos em ensino e pesquisa, que encontram no Arquivo Nacional - um dos locais ideais para isso.", declarou a professora Esther.

Por seu turno, o professor Rogério Mendes destacou a importância da parceria para a formação dos professores. "É importante que eles possam se formar sabendo mais dessa nossa história. Há muito material e a cada encontro eles descobriram algo novo", afirmou.

Já o aluno do mestrado profissionalizante, Fábio Pereira, disse ser ótimo entender o processo dos arquivos e como pesquisar, potencializando a tarefa de fazer um livro paradidático de ensino médio e ajudando os alunos a entenderem melhor esse período.

ASCOM
11/julho/2017

Visite nossas redes sociais:

Twitter - https://twitter.com/ArquivoBrasil
Facebook - https://www.facebook.com/arquivonacionalbrasil
Pinterest - https://br.pinterest.com/arquivonacional
Instagram - https://www.instagram.com/arquivonacionalbrasil
YouTube - https://www.youtube.com/channel/UCcB7XUfJLfmtXx5KRKWAwCg
SoundCloud - https://soundcloud.com/arquivo-nacional

Tags: Memorias Reveladas, Colégio Pedro II