Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Arquivo em Prosa deste mês recebe Luiz Cláudio da Costa - Prof. do Instituto de Artes da UERJ
Início do conteúdo da página
Arquivo em Prosa

Arquivo em Prosa deste mês recebe Luiz Cláudio da Costa - Prof. do Instituto de Artes da UERJ

Escrito por Mirian Lopes Cardia | Publicado: Sexta, 19 de Janeiro de 2018, 11h49 | Última atualização em Terça, 23 de Janeiro de 2018, 16h22

No próximo dia 25 de janeiro, 5ª feira,  daremos início às novas edições do 'Arquivo em Prosa' de 2018. O Arquivo Nacional vai receber , o Professor Luiz Cláudio da Costa, do Instituto de Artes da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. O tema do encontro será 'Poéticas do Arquivo: a história como sintoma'.


Poéticas do arquivo: a história como sintoma

Desde quando as artes começaram a lidar com os arquivos e com as práticas de arquivamento? Qual o estatuto do arquivo nas artes? De que modo a crítica radical ao arquivo realizada por Derrida ajuda a compreender a operação das Poéticas do arquivo? Pensando esses problemas e analisando alguns trabalhos artísticos chego à conclusão que o arquivo é nas artes não mero registro, mas imagem. A arte é feita de imagens e isso inclui o documento que ela absorve. Mas a imagem não é apenas o visível em sua evidência. Ela abarca igualmente a impossibilidade de ver.

 

Nome: Luiz Cláudio da Costa 

Currículo: 

Pesquisador bolsista Produtividade do CNPq, com pós-doutorado na Université de Paris 1-Sorbonne (bolsa Estágio Sênior da Capes, 2014); membro do conselho consultivo da revista VIS da UNB; membro do conselho editorial da revista Modos; professor associado do Instituto de Artes e do PPGARTES da UERJ; coordenador do PPGARTES entre 2010 e 2013; bolsista PROCIÊNCIA/UERJ desde 2008. Graduado pela University of Northern Iowa (1986); mestre (1993) e doutor (1999) em Comunicação pela UFRJ, com estágio de pesquisa na New York University (1998). É membro das equipes de pesquisa Aesthetica, Art et Philosophie e Fictions et intereactction da Universidade de Paris I-Sorbonne e líder do grupo Tecnologias da Arte: sistemas, dispositivos e fissuras. Desenvolve a pesquisa A gravidade da imagem: apropriação e repetição na arte contemporânea (Poéticas do arquivo). Publicou os livros A gravidade da imagem: arte e memória na contemporaneidade (Quartet, 2014) e Cinema brasileiro (anos 70-70), dissimetria, oscilação e simulacro (7 Letras, 2000). Foi editor responsável pelas coletâneas Narrativas, ficções, subjetividades (em parceria com Sheila Cabo Geraldo - Quartet, 2012), Dispositivos de registros na arte contemporânea (Contra Capa, 2010). Foi vice-presidente da ANPAP no biênio 2011-12. Foi curador das exposições Tempo-Matéria (MAC-Niterói, 2010), Carlos Zilio: paisagens 1974-1978 (Galeria Candido Portinari, UERJ, 2011), Paisagem e extremos (CCJF, Rio de Janeiro, 2012), Cidade e desaparecimento (CCJF, Rio de Janeiro, 2011). Publicou na ARS (USP), Arte e Ensaios (UFRJ, Poiéisis (UFF), entre outras.

 

Participe! a entrada é gratuita.

Serviço:
Auditório Principal do Arquivo Nacional
Praça da República, 173 - Centro - RJ
25 de janeiro/2018 - 15h

ASCOM-Assessoria de Comunicação Social

Visite nossas redes sociais:
Twitter - https://twitter.com/ArquivoBrasil
Facebook - https://www.facebook.com/arquivonacionalbrasil
Pinterest - https://br.pinterest.com/arquivonacional
Instagram - https://www.instagram.com/arquivonacionalbrasil
YouTube - https://www.youtube.com/c/ArquivoNacionalBrasil
MixCloud - https://www.mixcloud.com/ArquivoNacionalBrasil/
Flickr - https://www.flickr.com/photos/arquivonacionalbrasil/

Para consultar o acervo do Arquivo Nacional, acesse: 
http://www.arquivonacional.gov.br/consulta-ao-acervo/sian-sistema-de-informacoes.html

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página