Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Parceria Internacional
Início do conteúdo da página

Parceria Internacional

Escrito por ASCOM | Publicado: Terça, 11 de Abril de 2017, 17h53 | Última atualização em Sexta, 23 de Junho de 2017, 09h22

Entrevista com o diretor de tecnologia da informação do Arquivo Nacional do México

Noruega dg 8.JPG

O diretor de tecnologia da informação do Arquivo Nacional do México, Erick Cardoso, concede entrevista sobre parceria articulada entre as instituições na área de preservação digital.

ASCOM - Como se iniciou a parceria entre o Arquivo Nacional do Brasil e o Archivo General de la Nación do México?

Erick Cardoso - A cooperação entre o Arquivo Nacional do Brasil e o Archivo General de la Nación do México teve início em reunião com o diretor-geral José Ricardo Marques, realizada em março, na cidade de Drammen, na Noruega, quando compartilhamos a visão e a preocupação em inovar no campo da preservação digital, o que nos levou a promover mecanismos de cooperação que visam gerar um modelo latino-americano para a preservação dos arquivos que nascem eletrônicos.

ASCOM - Quais ações estão previstas no acordo entre os países?

Erick Cardoso - Firmar um acordo de cooperação em termos de gerar dinâmicas de trabalho dirigidas à pesquisa e desenvolvimento para a criação de um modelo de preservação digital.

ASCOM - Quais são as características comuns e as maiores diferenças entre as duas instituições?

Erick Cardoso - Os Arquivos compartilham a visão de conservar a memória histórica de seus países, bem como são os responsáveis por determinar a política nacional de arquivos e têm em comum serem inovadores no campo da arquivística e dos documentos eletrônicos. Eu não encontraria diferença entre as instituições salvo o idioma - os dois Arquivos compartilham a visão de inovar e de integrar a tecnologia como ferramenta diária.

ASCOM - Qual é a importância de ações conjuntas entre os dois países na área arquivística?

Erick Cardoso - A importância das ações conjuntas é somar esforços para definir um modelo base em preservação digital, que pode servir para toda a região (algo que não existe atualmente), aproveitando os pontos fortes e capacidades do Arquivo Nacional do Brasil e do Archivo General de la Nación do México que encontraram pontos em comum nesta era digital que enfrentam os arquivos.

 

-

Ascom

11 de abril de 2017

registrado em:
Fim do conteúdo da página