Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > "Roda de Conversa"
Início do conteúdo da página

"Roda de Conversa"

Publicado: Quinta, 01 de Dezembro de 2016, 09h54 | Última atualização em Sexta, 23 de Junho de 2017, 09h22

Educação e(m) Arquivos

O Arquivo Nacional realizou, na quinta-feira (24 de novembro), o primeiro "Roda de Conversa: Educação e(m) Arquivos", que contou a participação de pesquisadoras de ambas as áreas: o arquivo e a escola. Com parceria do Núcleo de Computação Eletrônica da Universidade Federal do Rio de Janeiro (NCE-UFRJ), o evento teve transmissão online ao vivo.

A apresentação principal ficou por conta da Prof.ª Dr.ª Adriana Koyama, pesquisadora da Universidade Estadual de Campinas, que falou sobre diversas concepções de memória, utilizando-se de slides que ilustravam os portais de Internet de várias instituições arquivísticas ao redor do mundo. Ao falar especificamente de arquivos, ela ressaltou a "aura" que os documentos possuem, por servirem de prova e evidência de fatos e direitos.

Após a explanação, iniciou-se o debate, com moderação da Prof.ª Dr.ª Cláudia Heynemann, Supervisora da Equipe de Pesquisa do Arquivo Nacional. Antes de questionar a palestrante, a Prof.ª Dr.ª Claudia Affonso, do Colégio Pedro II, assinalou que, apesar de o evento em questão tentar aproximar o arquivo e a escola, eles estão normalmente apartados. "É importante salientar as diferenças entre os papéis de um e da outra, e o lado positivo disso", afirmou. Também participava, no oferecimento de perguntas à prof.ª Koyama, a Prof.ª Dr.ª Maria Esther Valente, do Museu de Astronomia e Ciências Afins.

O "Roda de Conversa: Educação e(m) Arquivos" tem o objetivo de incentivar o desenvolvimento de ações educativas no âmbito dos arquivos, explicou um dos organizadores, Diego Barbosa, que é Coordenador-Geral de Acesso e Difusão do Acervo do AN. Segundo ele, o encontro, que terá outras edições, foi um sucesso. "Tivemos bastante participação do público presente e até perguntas de espectadores do Recife, que nos assistiam via web", contou.

 

 

----------------------

Equipe da ASCOM

25 de novembro de 2016

registrado em:
Fim do conteúdo da página