Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Novos títulos de filmes disponibilizados no SIAN
Início do conteúdo da página

Novos títulos de filmes disponibilizados no SIAN

Escrito por Tassia Verissimo | Publicado: Terça, 16 de Junho de 2020, 13h18 | Última atualização em Terça, 16 de Junho de 2020, 13h18

A Equipe de Processamento Técnico de Documentos Audiovisuais, Sonoros e Musicais está cadastrando no SIAN (Sistema de Informações do Arquivo Nacional) títulos de materiais audiovisuais que chegaram ao Arquivo Nacional no início dos anos 2000, em regime de comodato.

Já se encontram disponíveis para consulta online os títulos dos acervos de Alberto Salvá Contel; Ana Maria Portinho Magalhães; Domingos de Oliveira; Maria Luíza Aboim, Neville Duarte Almeida e das produtoras Filmes do Serro (fundada por Joaquim Pedro de Andrade), Radiante Filmes (da diretora Helena Solberg), Produções Cinematográficas R. F. Farias (do diretor Roberto Farias) e Vem Ver Comunicação e Difusão Limitada (incluindo filmes da diretora Tetê Moraes).

Anteriormente todos esses acervos foram registrados como “Cinemateca do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro” (MAM), com o código de referência BR RJANRIO D0. Agora cada um tem o seu próprio código de referência (ver abaixo). Vale lembrar que, caso o pesquisador deseje retirar algum desses filmes para exibição ou cópia, deve requerer a autorização do comodante previamente.

No contexto de crise da Cinemateca do MAM, no início dos anos 2000, a sua diretoria declarou-se impossibilitada de preservar os filmes que custodiava, decidindo retirá-los da instituição. Entidades detentoras de acervos, dentre as quais o Arquivo Nacional (AN), movimentaram-se para o recebimento dessas obras. A partir daí o AN passou a receber muitos materiais oriundos da Cinemateca, aumentando e diversificando significativamente o seu acervo de filmes, e passando a integrar a rede de preservação audiovisual no Brasil, em associação com entidades internacionais.

“Mangueira do Amanhã” (Ana Maria Magalhães), “Rio Babilônia” (Neville Duarte de Almeida), “Macunaíma” (Joaquim Pedro de Andrade), “As quatro chaves mágicas” (Alberto Salvá Contel), “Assalto ao Trem Pagador” (Roberto Frias), “Terra para Rose” (Tetê Moraes), “Vida vida: só depende de você” (Domingos de Oliveira), “Teu nome veio da África” (Maria Luíza Aboim) e “A entrevista” (Helena Solberg) – esses dois últimos exibidos durante o Festival Arquivo em Cartaz do ano passado – são alguns exemplos de títulos cadastrados recentemente no SIAN. São obras que retratam diferentes aspectos da nossa história; retratos de um país chamado Brasil e de seu povo; narrativas sobre minorias, suas lutas, mazelas e conquistas: peças fundamentais no mosaico da nossa memória.

Se o Arquivo Nacional já contribuía para a salvaguarda dessas importantes obras audiovisuais ao destinar a elas cuidados técnicos especializados, nesse momento tornar esses títulos disponíveis ao público através do SIAN, permitindo que a pesquisa seja feita diretamente pelo cidadão, é uma forma de democratizar o acesso à informação e contribuir para a preservação da história e memória brasileiras.

Acervos disponíveis no SIAN e seus respectivos códigos de referência:

Alberto Salvá Contel – BR RJANRIO VAW

Ana Maria Magalhães – BR RJANRIO KL

Domingos de Oliveira – BR RJANRIO AT9

Filmes do Serro – BR RJANRIO AAG

Maria Luiza Aboim – BR RJANRIO FR

Nevile Duarte Almeida – BR RJANRIO FM

Produções Cinematográficas R. F. Farias Ltda – BR RJANRIO KT

Radiante Filmes Limitada – BR RJANRIO K9

Vem ver Comunicação e Difusão Limitada – BR RJANRIO KI

Texto: Coordenação de Documentos Audiovisuais e Cartográficos.


Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons Atribuição-Sem Derivações 3.0 Não Adaptada (CC BY-ND 3.0)

registrado em:
Fim do conteúdo da página