Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Pesquise o acervo do Arquivo Nacional: a pesquisa simples no SIAN
Início do conteúdo da página

Pesquise o acervo do Arquivo Nacional: a pesquisa simples no SIAN

Escrito por Luiz Salgado Neto | Publicado: Quarta, 08 de Abril de 2020, 17h15 | Última atualização em Quarta, 08 de Abril de 2020, 17h29

Você tem interesse em pesquisar algum assunto no acervo do Arquivo Nacional? Você pode utilizar a ferramenta da pesquisa simples no Sistema de Informações do Arquivo Nacional (SIAN). Siga o tutorial abaixo e saiba como ter acesso on-line a documentos digitalizados.

Neste tutorial, iremos demonstrar como realizar a pesquisa simples, indicar alguns procedimentos para refinar a busca e apresentar os procedimentos para acessar os itens digitalizados.

Vale lembrar que, além de um tema abrangente, você também pode pesquisar assuntos específicos ou buscar por algum lugar, nome de pessoa, instituição, conjunto musical etc.

Em primeiro lugar, acesse o SIAN pelo endereço sian.an.gov.br. Se ainda não for cadastrado, realize cadastro na coluna à direita da tela para acessar o sistema.

Obs. Clique nas imagens para aumentar

 

 

A primeira tela exibida contém dois campos: “Termo” e “Fundo”.  No campo “Termo”, digite a expressão que traduz o tema que pretende pesquisar.

Vamos partir de um exemplo. Vamos pesquisar pelo tema Artes.

No campo “Termo”, digite Artes e clique em “Pesquisar” à direita.

 

 

Após isso, será aberta uma página com os resultados da busca, exibindo os itens que contiverem a palavra “Artes” em pelo menos um dos campos de descrição.

Repare abaixo do campo “Fundo” que o sistema retornou 20.814 registros exibidos em 417 páginas diferentes (número que irá aumentar posteriormente, pois o SIAN é constantemente alimentado pelos técnicos do Arquivo Nacional).

 

 

Dessa forma, com esse imenso volume, será necessário refinar os resultados ou utilizar outros termos de busca.

Vejamos primeiro como refinar os resultados e, após isso, serão sugeridas estratégias de pesquisa utilizando expressões correlatas.

Você poderá reduzir o número de registros dos resultados da busca por meio de filtros, localizados na coluna à esquerda. Uma das formas de fazer isso é optar por ver somente aqueles itens que já estão digitalizados. Para isso, marque a caixa “Arquivo Digital”. Ao marcar essa opção, serão apresentados na tela os resultados e você poderá clicar no link “Arquivo Digital” abaixo dos títulos.

 

 

Ainda assim, vejam que (no nosso exemplo) os resultados indicam 19.672 registros. Nesse caso, será necessário um novo refinamento. Acima da caixa de arquivo digital (na coluna à esquerda), você poderá escolher as datas de produção dos documentos. Digamos que você queira pesquisar documentos produzidos durante o período imperial. Então digite as datas nos campos do período – De: 1822 Até: 1889 – e tecle Enter. Após isso, na mesma coluna à esquerda, abaixo de “Ordenação”, clique em “Cronológica”. Serão exibidos registros que contêm um ou mais documentos que se enquadram nas datas definidas. Repare que ainda assim são 3.209 registros disponíveis para consulta on-line.

Como mencionado, veja que abaixo dos títulos há um link com o nome “Arquivo Digital”. Clique no link referente ao registro de interesse.

 

 

Será aberta uma nova página, onde você deverá clicar na aba “Arquivo Digital”. Agora é só clicar em cada um dos itens listados para ter acesso ao documento digitalizado.

 

 

Outra possibilidade de busca simples é indicar o fundo ou a coleção em que estão reunidos os documentos.

Suponhamos que você esteja procurando fotografias referentes às artes no século XX. Então, duas opções são os fundos Correio da Manhã e Agência Nacional.

Então, voltemos ao início do processo de busca. No menu superior, coloque o apontador do mouse (a “setinha”) sobre “Fundos/Coleções” e clique em “Pesquisa Livre”.

 

 

Agora, digite Artes no campo “Termo” e, no campo “Fundo”, digite PH e clique sobre o fundo Correio da Manhã que aparecerá na tela. Agora clique em “Pesquisar”.

 

 

Após isso, marque novamente a caixa “Arquivo digital” à esquerda e veja os resultados em tela. Navegue pelas páginas e, quando quiser acessar algum item digitalizado, clique em “arquivo digital” abaixo do registro de interesse.

Vejamos um exemplo: você se interessou pelo primeiro registro que surge na tela: “Bienais de São Paulo”. Clique em “Arquivo Digital”.

 

 

Na página seguinte, clique na aba “Arquivo Digital” e em cada um dos links que aparecerem em tela.

 

 

Agora, para retornar aos resultados de pesquisa, clique em “Voltar para pesquisa”.

Outro conjunto documental em que podem ser encontrados itens relacionados às artes do século XX é o fundo Agência Nacional. No menu superior, coloque o apontador do mouse (a “setinha”) sobre “Fundos/Coleções” e clique em “Pesquisa Livre”. Digite Artes no campo “Termo” e, no campo “Fundo”, digite EH e clique sobre o fundo Agência Nacional. Agora clique em “Pesquisar”. Novamente, escolha um registro e clique em “Arquivo Digital” para ter acesso ao item digitalizado.

Lembrando que você pode optar por mais de um fundo documental por pesquisa, combinando os resultados.

Se o termo retornar um grande volume de registros, provavelmente o mais apropriado seja utilizar termos correlatos ou mais específicos em sua busca. Seguindo nosso exemplo, você poderia tentar as palavras “artista”, “artístico”, “artística”. Ou então especificar, buscando por artes plásticas, artes dramáticas, pintura, desenho, música, dança, escultura etc. Para cada um desses termos, tente utilizar os filtros ou realizar a busca dentro de um ou mais fundos documentais.

Vejamos um exemplo. Vamos buscar pelo termo Pintura nos fundos Correio da Manhã e Agência Nacional. Vamos tentar encontrar fotografias em registros que contenham a palavra pintura em um dos campos de descrição. No menu superior, coloque o apontador do mouse (a “setinha”) sobre “Fundos/Coleções” e clique em “Pesquisa Livre”.

 

 

Na página seguinte, no campo “Termo”, digite Pintura e, no campo Fundo, digite EH e clique sobre o fundo Agência Nacional. E também digite PH e no fundo Correio da Manhã. Agora clique em “Pesquisar”.

 

 

Na tela seguinte, marque novamente a caixa “Arquivo Digital” na coluna à esquerda. Veja que foram listados 311 registros. Navegue pelos resultados e clique em “Arquivo Digital” para ter acesso aos itens digitalizados.

Pois bem: siga esses procedimentos com um assunto de seu interesse ou busque por nomes de pessoas, lugares, organizações etc. e descubra as mais diversas possibilidades de obter conhecimento por meio do acervo do Arquivo Nacional.

Boa pesquisa!

Se tiver dúvidas, entre em contato pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Veja também:

Pesquise o acervo do Arquivo Nacional: das mídias sociais para o SIAN

 

Mídias sociais oficiais do Arquivo Nacional

Instagram - @arquivonacionalbrasil

Facebook - @arquivonacionalbrasil

Twitter - @ArquivoBrasil

YouTube - Arquivo Nacional

Pinterest - Arquivo Nacional do Brasil

Flickr - Arquivo Nacional do Brasil

MixCloud - Arquivo Nacional Brasil

 

 


Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons Atribuição-Sem Derivações 3.0 Não Adaptada (CC BY-ND 3.0)

registrado em:
Fim do conteúdo da página