Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Revista do Arquivo em Cartaz 2019 - versão digital
Início do conteúdo da página

Revista do Arquivo em Cartaz 2019 - versão digital

Escrito por Tassia Verissimo | Publicado: Quarta, 06 de Novembro de 2019, 15h03 | Última atualização em Quinta, 07 de Novembro de 2019, 10h07

 Por Antonio Laurindo - Coordenador de Documentos Audiovisuais e Cartográficos 

Com muita satisfação, o Arquivo Nacional lança mais um número da revista Arquivo em Cartaz, publicação que nasceu no ano da primeira edição do festival, em 2015. Edições dedicadas ao cinema de arquivo e aos arquivos audiovisuais e sua preservação são concebidas pela instituição desde 2003. A revista Acervo volume 16, número 1, de 2003, reuniu textos, pesquisas e entrevista sobre Imagens em Movimento. De 2004 a 2014, o Arquivo Nacional editou a revista Recine, periódico relacionado ao seu antigo festival internacional de cinema de arquivo e que discutiu a cada ano, em suas dez edições, os temas Revoluções; Televisão – Uma História para Ver de Perto; Vanguardas no Cinema; A Imprensa no Cinema; Futebol, Cinema e Paixão; Rádio e Cinema em Sintonia; Luz, Câmera – A Música Brasileira; Brasil e Itália em Tempo de Cinema; A Arte do Humor no Cinema; Rio de Janeiro, Capital do Cinema; Com a Palavra, o Cinema. A primeira edição da revista Arquivo em Cartaz foi dedicada aos 450 Anos do Rio de Janeiro, seguida pelos 100 Anos do Samba, em 2016, Filmes de Família, Caseiros e Amadores, em 2017, e, agora, Mulheres de Cinema. Apenas em 2018, não foi editada, e, por isso, a retomada neste ano é motivo de celebração. As Mulheres de Cinema, tema do Arquivo em Cartaz 2019, deram o tom da pesquisa, dos textos e das imagens da atual publicação. Privilegiou-se a produção de conhecimento realizada por mulheres, com ênfase nas atividades profissionais, artísticas e acadêmicas protagonizadas por elas. A edição procura oferecer um diálogo entre os textos e as imagens. A palavra escrita e os registros iconográficos ocupam seus lugares a partir da leitura e interpretação de cada um, sem a necessidade de promover uma hierarquização ou de provar/ilustrar um pensamento. Em um cenário de poucas publicações voltadas para o cinema de arquivo e a preservação audiovisual, a revista Arquivo em Cartaz oferece conteúdo essencial para quem deseja se aprofundar nesses temas. O número atual resgata o valor dos relatos de experiências para a produção de conhecimento no campo da arquivologia, mais especificamente dos arquivos audiovisuais, do cinema e da preservação. Foi também uma oportunidade de lançar o olhar para o acervo audiovisual do Arquivo Nacional com o objetivo de identificar e refletir sobre os conjuntos documentais cuja titulação pertence ao gênero feminino.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página