Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Como ser inovador no serviço público?
Início do conteúdo da página

Como ser inovador no serviço público?

Escrito por José Márcio Batista Rangel | Publicado: Sexta, 26 de Julho de 2019, 20h29 | Última atualização em Sexta, 26 de Julho de 2019, 20h34

Para tentar responder a essa pergunta, foi ministrada, na quarta-feira (24 de julho), a palestra “Inteligência coletiva para o serviço público”, na sede do Arquivo Nacional, no Rio.

Segundo Cristiano Ferri, servidor do Centro de Treinamento e Formação da Câmara dos Deputados, é preciso desmitificar a inovação como um atributo exclusivo das pessoas ditas “brilhantes”, pois todos podem inovar nas atividades que desenvolvem. Da mesma maneira, o modelo mental (“mindset”) deve se transformar, buscando sempre uma forma diferente de se prestar um determinado serviço à população, mesmo que essa forma ainda careça de aprimoramento. Ferri acrescentou que, por outro lado, o servidor não pode deixar de conhecer as regras oficiais e extra-oficiais da política e da burocracia estatais, para não correr o risco da ineficácia da iniciativa inovadora.

Como exemplo dessas iniciativas inovadoras que deram certo, o palestrante, que é doutor em Ciência Política e Sociologia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro e mestre em políticas públicas pela Universidade de Londres, citou a criação do Laboratório Hacker da Câmara dos Deputados, assim como o desenvolvimento de ferramentas colaborativas para amplificar a participação do cidadão no processo democrático e representativo. Com foco nos usuários de computadores e smartphones, foram abertos chats on-line, no site da câmara legislativa federal, para a participação dos cidadãos durante a transmissão ao vivo de audiências de comissões, além de aplicações para inserção de sugestões feitas por cidadãos nos textos de propostas dos parlamentares.

A Diretora-Geral do AN, Neide De Sordi, estava presente à palestra e lembrou que a Instituição tem trabalhado para oferecer diversos de seus serviços nas plataformas digitais, por meio da digitalização de seu acervo e da disponibilização de canais de atendimento on-line.

A palestra de Cristiano Ferri pode ser assistida nas páginas do AN no YouTube e no Facebook. A próxima palestra do ciclo “Inovação em Arquivos” será dupla: “Ferramenta Wiki e as Licenças Creative Commons”, com Rodrigo Padula, do Creative Commons Brasil; e “Experiência do Arquivo Nacional na Wikipédia”, com Diego Barbosa da Silva, servidor do AN. O evento acontecerá em 31 de julho (quarta-feira), também no Auditório da sede, e as inscrições já podem ser feitas aqui.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página