Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Série Mulheres e o Arquivo: Conceição Evaristo
Início do conteúdo da página

Série Mulheres e o Arquivo: Conceição Evaristo

Escrito por Tassia Verissimo | Publicado: Quarta, 17 de Abril de 2019, 17h01 | Última atualização em Quarta, 17 de Abril de 2019, 17h01

Conceição Evaristo é o destaque desta semana da série "Mulheres e o Arquivo", iniciativa do Arquivo Nacional que traz semanalmente aos seus leitores o perfil de personalidades femininas com trajetórias de vida marcantes, bem como os itens documentais que fazem parte do acervo da instituição.

Uma das principais expoentes da literatura brasileira contemporânea, Maria da Conceição Evaristo de Brito nasceu em Belo Horizonte, em 29 de novembro de 1946, e desde muito cedo conciliou trabalho e estudo. Migrou para o Rio de Janeiro na década de 1970, graduou-se em Letras na Universidade Federal do Rio de Janeiro e foi aprovada em concurso para o magistério público. A professora Conceição Evaristo é mestra e doutora em Literatura. Seu primeiro poema veio a público em 1990, nos “Cadernos Negros”, publicação coletiva do grupo Quilombhoje.

No ano de 2015, Conceição Evaristo ganhou o prêmio Jabuti na categoria Contos. Em 2017, foi homenageada com uma Ocupação Cultural na cidade de São Paulo. A autora do romance “Ponciá Vicêncio”, de 2003, teve sua obra traduzida em outras línguas. Possuem centralidade em sua obra poética os temas da cultura negra e afrodescendente, as reflexões sobre a mulher e a questão da ancestralidade.

Na imagem abaixo, fotografia de Conceição Evaristo, em 1994. Arquivo Nacional. Fundo Maria Beatriz Nascimento. BR_RJANRIO_2D_0_FOT_0002_0001.

registrado em:
Fim do conteúdo da página