Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Fundo Peças Teatrais
Início do conteúdo da página

Fundo Peças Teatrais

Escrito por Mirian Lopes Cardia | Publicado: Terça, 04 de Outubro de 2016, 13h18 | Última atualização em Sexta, 23 de Junho de 2017, 09h22

Finalizado o tratamento técnico e a digitalização da série 'Peças Teatrais'

Foi finalizado o tratamento técnico e a digitalização da série Peças Teatrais, do fundo do Serviço de Censura de Diversões Públicas (SCDP), custodiado pelo Arquivo Nacional. O conjunto, que abrange o período de 1968 a 1988, reúne 4.796 dossiês de peças contendo roteiros originais, pareceres, certificados de censura, páginas rasuradas pelos censores e solicitações de autores ou seus representantes para avaliação dos textos e ensaio geral.

O acervo é de grande importância para os estudos sobre a produção cultural durante a ditadura. Nele encontramos vários textos de autores como Millôr Fernandes, Ariano Suassuna, Hamilton Vaz Pereira, Guarnieri, Antônio Bivar, Ruy Guerra, Mauro Rasi, Oduvaldo Vianna Filho, etc, rabiscados pelos censores, além de peças dirigidas por Amir Haddad, Flávio Rangel, João Bethencourt, Luiz Martinez Corrêa e muitos outros. Também podemos encontrar no acervo textos de montagem que marcaram a história do teatro brasileiro, como "Trate-me Leão", "Arena conta Zumbi", “Hoje é dia de rock” e “Rasga Coração”.

O tratamento deste fundo foi proposto pela ACAN - Associação Cultural do Arquivo Nacional e realizado com recursos do BNDES. Todas as peças constantes neste acervo, seus autores, requerentes, e informações relativas à produção já se encontram disponíveis para consultas no Portal do Arquivo Nacional, nos registros do SIAN.

Imagens:

Trate me Leo 5 1

- Trate-me Leão (Arquivo Nacional - PTE.4465) - 
de Hamilton Vaz Pereira, Grupo Asdrúbal trouxe o Trombone.

  

 

    A farsa boa preguia 1 1

 

 

 

 

 

 

 

 

- A Farsa da Boa Preguiça (Arquivo Nacional - PTE.1809) - de Ariano Suassuna.



 

ASCOM
outubro de 2016

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

--

Equipe da ASCOM
04 de outubro de 2016

registrado em:
Fim do conteúdo da página