Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Série Mulheres e o Arquivo: Elis Regina
Início do conteúdo da página

Série Mulheres e o Arquivo: Elis Regina

Escrito por Tassia Verissimo | Publicado: Quarta, 03 de Abril de 2019, 17h12 | Última atualização em Quarta, 03 de Abril de 2019, 17h36

O Arquivo Nacional presta homenagem às mulheres com trajetórias de vida marcantes na história do país, através da série “Mulheres e o Arquivo”, que traz o perfil dessas personalidades femininas bem como os itens documentais que fazem parte do acervo da instituição.

O destaque desta semana é a cantora Elis Regina. Nascida em Porto Alegre, no dia 17 de março de 1945, Elis Regina Carvalho Costa despontou para o público brasileiro a partir de sua participação nos festivais de música, que eram muito populares na década de 1960. Sua performance destoava da estética da Bossa Nova pelo uso de sua extensão vocal e de sua dramaticidade. Após quatro LP's gravados, Elis Regina se consagrou durante o festival da TV Excelsior em 1965, no qual cantou "Arrastão" de Vinícius de Morais e Edu Lobo. Após o sucesso no festival, recebeu um convite para atuar na televisão e, pouco tempo depois, o título de primeira estrela da canção popular brasileira, quando passou a comandar, ao lado de Jair Rodrigues, o importante programa de música popular brasileira chamado O Fino da Bossa. Elis Regina morreu precocemente, em 1982, com apenas 36 anos, mas deixou uma vasta obra gravada que a consolidou como uma das mais importantes intérpretes brasileiras.

 

BR RJANRIO PH 0 FOT 39735 047

Elis Regina em Bruxelas, março de 1969. Arquivo Nacional. Fundo Correio da Manhã. BR_RJANRIO_PH_0_FOT_39735_047.

registrado em:
Fim do conteúdo da página