Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Exposição Virtual - Mundo luso-brasileiro
Início do conteúdo da página

Exposição Virtual - Mundo luso-brasileiro

Escrito por Camila Souza | Publicado: Segunda, 21 de Janeiro de 2019, 11h32 | Última atualização em Segunda, 21 de Janeiro de 2019, 12h02

A associação entre os dois países, Brasil e Portugal, toma forma com a chegada da Corte portuguesa ao território brasileiro, em 1808, vindo a ser chamada por d. Pedro de "nação luso-brasílica". Nos séculos seguintes, entre tantos processos de migração e trocas culturais, a escrita da história nos dois países engendra várias dimensões do luso-brasileiro.

Registros da construção da história luso-brasileira estão no Arquivo Nacional, criado no Império e que desde então guarda um acervo datado de fins do século XVI, gerado pela administração colonial, e que se complementaria com os arquivos vindos com a Corte e aqueles produzidos pelos órgãos do governo joanino.

Acesse o site “Exposições Virtuais” e conheça a exposição “O mundo luso-brasileiro”. Dividido por galerias de imagens, fique por dentro de alguns documentos, coleção de obras raras e a cartografia acumulada, bem como imagens fotográficas que, comportando a revolução técnica de seu tempo, atualizam esse universo temático. Organizada pelo Arquivo Nacional, a mostra foi inaugurada em 2005 e foi remontada no mesmo local em 2013.

Ambientado no portal do Arquivo Nacional, o site “Exposições Virtuais” é um convite a todos para conhecer o acervo da instituição e seus projetos culturais. “O Rio do morro ao mar”, “Capitais da Bossa Nova” e “Drama e euforia - O Brasil nas Copas de 50 a 70” são algumas das exposições disponíveis na plataforma. Esta iniciativa é fundamental para o princípio democrático de acesso à informação pública e para a pesquisa em inúmeros campos do conhecimento.

Clique aqui e conheça a exposição "O mundo luso-brasileiro"

 


Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons Atribuição-Sem Derivações 3.0 Não Adaptada (CC BY-ND 3.0)

registrado em:
Fim do conteúdo da página