Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Ações Educativas na Exposição "Olhares Cruzados"
Início do conteúdo da página

Ações Educativas na Exposição "Olhares Cruzados"

Escrito por Camila Souza | Publicado: Quarta, 24 de Outubro de 2018, 18h24 | Última atualização em Segunda, 29 de Outubro de 2018, 11h59

O Arquivo nacional recebeu, no dia 24 de outubro, a primeira escola do Projeto "Olhares Cruzados”. Os 42 alunos da Escola Canadense Maple Bear tiveram a oportunidade de conhecer a exposição na instituição com cliques exclusivos do cotidiano em Toronto, retratado pela fotógrafa brasileira Ana Rodrigues, e no Rio de Janeiro, registrados pelo fotógrafo canadense Robert DiVito. "Olhares Cruzados: Imagens de Duas Culturas" é composta por uma centena de imagens que mostram os cenários brasileiro e canadense com um olhar diferenciado dos fotógrafos. A visita guiada foi realizada pela Equipe de Educação da instituição e foi feito também um trabalho em conjunto com as crianças que resultou em uma exposição paralela, na qual eles foram os próprios autores.

A Coordenadora da escola, Blanche Prins, afirmou o quanto é importante ver os alunos fazendo a comparação entre as cidades do Rio de Janeiro e Toronto, no Canadá, visto que a escola é canadense. Para ela, é natural que haja essa conexão devido ao que é explorado em sala de aula. Em suas palavras: “está sendo interessante para as crianças verem fotos de Toronto e do Rio. E pela situação que nossa cidade está passando as crianças estão saindo cada vez menos. Então eu vi que eles identificaram alguns lugares do Rio de Janeiro, mas outros não. Em relação as fotos do Canadá, eu vi alguns alunos comentando algo baseado no que já viram na escola. Me chamou atenção dos alunos uma fotografia com uma casinha no quintal onde qualquer um pode deixar livros. Acho que o fato de incentivarmos bastante a leitura na escola, tenha contribuído para isso.”

A fotógrafa brasileira Ana Rodrigues também esteve presente na visita e ressaltou a importância do trabalho desenvolvido pela Equipe de Educação em Arquivos do Arquivo Nacional. “O trabalho que a instituição está fazendo é muito mais que mostrar uma exposição. Então a possibilidade que a gente tem de conversar com essas crianças, não só sobre as cidades, mas contar como foi o processo é muito enriquecedor. Escutar o que elas têm a falar, os olhares em cima das nossas fotos é algo que agrada muito ao meu trabalho. A gente não está só dando, é uma troca. A gente dá e recebe delas de uma forma muito intensa e acho que o Arquivo Nacional fez um dos trabalhos mais incríveis que eu já vi de monitoria de exposição.”

Segundo o fotógrafo canadense Robert DiVito, que também esteve presente e pode interagir com os alunos, é muito gratificante ver uma reação emotiva de uma criança ao ver uma imagem sua. "Meu anseio é inspirar algum tipo de emoção e instigar conversas. Uma foto pode trazer conversas e, assim, talvez ter algum impacto social. Então, quando eu estou cercado de crianças e vejo-as reagir às imagens e tenho a oportunidade de conversar com elas sobre o que elas estão vendo, é minha maior alegria. Eu não posso pedir mais que isso como fotógrafo."

O projeto "Olhares Cruzados" é uma iniciativa da Câmara de Comércio Brasil-Canadá (CCBC) em parceria com os Consulados do Brasil no Canadá e Consulados do Canadá no Brasil que já está em sua quarta edição. "Olhares Cruzados: Imagens de Duas Culturas" é composta por uma centena de imagens que mostram os cenários brasileiro e canadense com um olhar diferenciado dos fotógrafos.

Para trazer grupos escolares e participar das atividades educativas com a Equipe de Educação em Arquivos é necessário agendamento pelo número (21) 21791256 ou por mensagem para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Visite o Arquivo Nacional e confira a exposição! A entrada é gratuita e o salão de exposições fica aberto ao público de segunda a sexta, das 10h às 17h.

Clique aqui para acessar o site “Olhares Cruzados: Imagens de Duas Culturas" com mais informações sobre o projeto.

Clique aqui para ver o cronograma das escolas públicas já agendadas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página