Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Arquivo Nacional aprovou mais de 11km de documentos da Administração Pública Federal para eliminação no primeiro semestre de 2018
Início do conteúdo da página

Arquivo Nacional aprovou mais de 11km de documentos da Administração Pública Federal para eliminação no primeiro semestre de 2018

Escrito por Bruna Barcelos | Publicado: Segunda, 20 de Agosto de 2018, 13h40 | Última atualização em Segunda, 20 de Agosto de 2018, 18h25

O Arquivo Nacional (AN), do Ministério da Justiça (MJ),aprovou no primeiro semestre de 2018 a eliminação de 11.908,70 metros lineares e 334 listagens de eliminação de documentos da Administração Pública Federal (APF). Em 2017, foram cerca de 13km e 289 listagens de eliminação de documentos. Os benefícios da eliminação para a APF são a otimização do espaço físico e economia de recursos para armazenamento.

“As solicitações de orientação têm aumentado. Principalmente em relação à autorização de eliminação de documentos. O aumento é resultado do maior uso da Resolução nº 14 do Conselho Nacional de Arquivos (CONARQ) e da aprovação de Códigos de Classificação e Tabelas de Temporalidade de Documentos de atividades finalísticas pelo Arquivo Nacional” disse a líder da equipe de Gestão de Documentos, Flávia Claudino, da Coordenação Regional do Arquivo Nacional (COREG).

 

Resolução nº 14 do CONARQ

Trata da resolução que aprova o Código de Classificação de Documentos de Arquivo e a Tabela de Temporalidade para a Administração Pública: Atividades-Meio, a serem adotados como modelo para os órgãos e entidades integrantes do SIGA.

 

Gestão de Documentos na COREG

A Supervisão de Gestão de Documentos da COREG desempenha as atividades de orientação técnica arquivística aos órgãos e entidades da Administração Pública Federal nos seguintes assuntos:

a) Elaboração e implantação de programas de gestão de documentos, em qualquer suporte;

b) Elaboração e aplicação de códigos de classificação e de tabelas de temporalidade;

c) Elaboração de planos de destinação de documentos;

d) Elaboração de listagens de eliminação;

e) Recolhimento e transferência de documentos;

f) Tratamento técnico de acervos;

g) Procedimentos de protocolo.

 

Fonte: Texto -  Coordenação Regional do Arquivo Nacional no Distrito Federal / Eline Caldas

Foto - Acervo MJ 

registrado em:
Fim do conteúdo da página