Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Arquivo Nacional realiza treinamento para o Museu Villa-Lobos
Início do conteúdo da página

Arquivo Nacional realiza treinamento para o Museu Villa-Lobos

Escrito por Tassia Verissimo | Publicado: Terça, 14 de Agosto de 2018, 15h07 | Última atualização em Sexta, 17 de Agosto de 2018, 14h02

O Arquivo Nacional (AN), através da área de Conservação de Filmes da Coordenação de Preservação do Acervo (Copac), realizou entre os dias 24 de julho e 01 de agosto uma semana treinamento para o Museu Villa-Lobos, representado pela museóloga Thaís Leite e pela estagiária Querem Hapuque.

Durante a capacitação as funcionárias do Museu Villa Lobos realizaram diagnóstico do estado de conservação dos filmes e higienização, orientadas pela especialista em conservação de filmes do AN, Fátima Taranto.

O Museu Villa-Lobos é administrado pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e foi fundado em 1960 por dona Arminda, segunda esposa do músico. A instituição está instalada em um casarão tombado do século XIX, em Botagogo – Rio de Janeiro, e é responsável pela coleta, manutenção, preservação, estudo e divulgação de objetos que atestam, testemunham e ilustram a vida e a obra do compositor e maestro. Fazem parte da área do museu jardins e uma concha acústica, que permitem eventos ao ar livre.

Heitor Villa-Lobos nasceu na cidade do Rio de Janeiro em 5 de março de 1887. Ele se consagrou internacionalmente como um dos principais maestros e compositores do Brasil, com grande importância no período do modernismo no Brasil. Dentre suas obras destacam-se "Cair da Tarde", "Canção de Amor", "Melodia Sentimental", "Quadrilha", "Xangô", "Bachianas Brasileiras", "Trenzinho Caipira", entre outras.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página