Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Conheça o Núcleo de Estudos do Usuário do Arquivo Nacional
Início do conteúdo da página

Conheça o Núcleo de Estudos do Usuário do Arquivo Nacional

Escrito por Tassia Verissimo | Publicado: Segunda, 25 de Junho de 2018, 16h40 | Última atualização em Segunda, 25 de Junho de 2018, 16h51

A Coordenação-Geral de Acesso e Difusão Documental do Arquivo Nacional possui um Núcleo de Estudos do Usuário, subordinado à Coordenação de Consultas ao Acervo, no qual busca compreender melhor as necessidades dos consulentes a fim de aperfeiçoar a qualidade do serviço prestado à população. 

Dentro das atividades realizadas pela área está a publicação mensal do “Relatório de Pesquisa sobre a Qualidade do Atendimento”, que tem o objetivo de ser um meio de avaliação permanente dos procedimentos de atendimento ao público e de acesso ao acervo da instituição, de maneira a torná-los mais produtivos e eficazes.  Os formulários de avaliação são distribuídos em papel aos usuários presenciais da Sala de Consultas no Rio de Janeiro e em Brasília e em forma de documento online aos usuários do atendimento à distância. Mensalmente os dados são apurados e é emitido o relatório da pesquisa. Os relatórios já realizados podem ser acessados aqui.

O Núcleo de Estudos do Usuário também organiza periodicamente o evento “Com a palavra, o usuário”, que busca dar voz a pesquisadores que frequentam o Arquivo Nacional, convidando, a cada edição, um consulente com prática reconhecida pela instituição para apresentar seu percurso de pesquisa e sua experiência de busca de informações no Arquivo Nacional. O objetivo é identificar os caminhos percorridos e as dificuldades encontradas, de maneira a fornecer informações que colaborem para o aperfeiçoamento constante do atendimento ao cidadão e dos instrumentos de pesquisa. As apresentações do “Com a palavra, o usuário” são transmitidas em tempo real pela página no Facebook do Arquivo Nacional e algumas edições anteriores podem ser conferidas aqui, clicando em cima do cartaz."

 
 
registrado em:
Fim do conteúdo da página