Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Na Mídia > Arquivo para o Estado e o cidadão
Início do conteúdo da página

Arquivo para o Estado e o cidadão

Escrito por Claudio Giolito | Publicado: Sexta, 25 de Janeiro de 2019, 15h53 | Última atualização em Sexta, 25 de Janeiro de 2019, 15h53 | Acessos: 32

No caso do governo federal, sua principal instituição arquivística é o Arquivo Nacional, que completou 181 anos em 2 de janeiro de 2019. Após muitos anos de uma atuação limitada e tradicional, o Arquivo Nacional iniciou na década de 1980 um processo de modernização que teve como pontos altos a mudança de sua sede, na cidade do Rio de Janeiro, para as antigas instalações da Casa da Moeda, a lei de Arquivos, a instalação do Conselho Nacional de Arquivos, o ingresso de novos funcionários, a profissionalização dos servidores públicos federais na área e a presença constante em eventos internacionais, como participante e como difusor de experiência e conhecimento. Isso garantiu-lhe a liderança no processo de preservação e acesso ao patrimônio documental do país, antigo e atual. Além disso, teve fundamental papel na implementação da Lei de Acesso à Informação (lei n. 12.527, de 18 de novembro de 2011), possibilitando a transparência da ação governamental e a construção de uma democracia mais consciente e informada.

https://www.jb.com.br/pais/artigo/2019/01/974756-arquivo-para-o-estado-e-o-cidadao.html

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página