Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Difusão > Arquivo na História > Série: a Guerrilha do Araguaia - parte 1/2
Início do conteúdo da página

Série: a Guerrilha do Araguaia - parte 1/2

Escrito por Mirian Lopes Cardia | Publicado: Sábado, 28 de Abril de 2018, 10h18 | Última atualização em Segunda, 19 de Março de 2018, 14h55 | Acessos: 596

A Guerrilha do Araguaia foi um movimento armado organizado pelo Partido Comunista do Brasil (PCdoB), no sudeste do estado do Pará, com o objetivo de realizar o projeto de guerra popular revolucionária, inspirada na Revolução Chinesa. As Forças Armadas realizaram três campanhas militares e operações de inteligência, mobilizando cerca de 10 mil homens contra cerca de 70 guerrilheiros do PCdoB, durante os anos de 1970 a 1974.

Em 1972, o Exército iniciou o ataque aos destacamentos dos guerrilheiros, quando foram feitos prisioneiros. Contudo, após o ano de 1972, a ordem do comando militar era não mais deixar vivos os combatentes.

A Guerrilha do Araguaia é um dos episódios mais violentos da ditadura, resultando em prisões ilegais e tortura da população local e na morte e desaparecimento forçado de cerca de 70 militantes do PCdoB.

 

Imagem : Barraca de refeitório do Posto de Comando do Exército. Xambioá, s.d.. Serviço Nacional de Informações. BR AN, BSB V8 ACE A049474

 

ASCOM- Assessoria de Comunicação Social 

Visite nossas redes sociais:
Twitter - https://twitter.com/ArquivoBrasil
Facebook - https://www.facebook.com/arquivonacionalbrasil
Pinterest - https://br.pinterest.com/arquivonacional
Instagram - https://www.instagram.com/arquivonacionalbrasil
YouTube - https://www.youtube.com/c/ArquivoNacionalBrasil
MixCloud - https://www.mixcloud.com/ArquivoNacionalBrasil/
Flickr - https://www.flickr.com/photos/arquivonacionalbrasil/

Para consultar o acervo do Arquivo Nacional, acesse: 
http://www.arquivonacional.gov.br/consulta-ao-acervo/sian-sistema-de-informacoes.html

registrado em:
Fim do conteúdo da página