Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Arquivo em Cartaz: Debate - Bossa Nova e Memória

Escrito por Tassia Verissimo | Publicado: Quarta, 12 de Dezembro de 2018, 14h38 | Última atualização em Quarta, 12 de Dezembro de 2018, 15h32 | Acessos: 222

O miniauditório do Arquivo Nacional recebeu nesta quarta-feira, 12 de dezembro, o debate “Bossa Nova e Memória”. O evento fez parte da grade da quarta edição do Arquivo em Cartaz – Festival Internacional de Cinema de Arquivo e contou com a presença de Walter Garcia da Silveira Junior e Enrique Menezes, ambos da Universidade de São Paulo, e Ricardo Cravo Albim, do Instituto Cravo Albim.
O objetivo desta mesa foi pensar a memória e a história da Bossa Nova, o que significa não apenas voltar ao Rio de Janeiro do final da década de 1950 – e seus jovens compositores e intérpretes, mas também retomar conceitos e noções do campo teórico da memória como lugar de representação, de reinscrições e do entendimento da própria cultura como memória.

Em conversa com a Assessoria de Comunicação do Arquivo Nacional, o escritor, jornalista, historiador, crítico, radialista e pesquisador de MPB, Ricardo Cravo Albim falou que “o festival Arquivo em Cartaz é uma tradição no Rio de Janeiro e o considero muito importante por duas razões: primeiro porque é realizado no Arquivo Nacional, um dos lugares mais bonitos da cidade, e segundo pela originalidade da essência do tema. É um evento que exibe filmes que preservam a memória, o que não acontece com a maioria dos festivais por possuírem caráter comercial mesmo ao exibirem filmes de arte. Um festival específico para a cultura de arquivos é só esse aqui.

O objetivo do Arquivo em Cartaz - Festival Internacional de Cinema de Arquivo é destacar a importância da preservação dos acervos cinematográficos, assim como incentivar o uso destes arquivos em novas produções. Além de exibir filmes restaurados e raros, o festival oferece oficinas dedicadas à preservação e tratamento de arquivos cinematográficos, atividade fundamental para a memória audiovisual brasileira. A Bossa Nova, um dos mais importantes gêneros da música brasileira, ganha destaque nesta quarta edição do festival. Seus 60 anos de história, seus principais personagens e suas músicas estarão presentes na programação. Odete Lara, atriz, cantora do movimento Bossa Nova e escritora brasileira, será homenageada com mostra especial de filmes em 35mm.

A entrada do Arquivo em Cartaz  é gratuita. Endereços: Centro de Artes UFF - Rua Miguel de Frias, 9 - Icaraí, Niterói – RJ Telefone: (21) 3674-7515 | Arquivo Nacional - Praça da República, 173 – Centro Telefone: (21) 2179-1228 | Em caso de chuva as sessões ao ar livre serão exibidas no auditório do Arquivo Nacional.

Confira a programação completa aqui e assista ao vídeo do debate aqui.

registrado em:
Fim do conteúdo da página